Todos os artigos de jribeiro

Yvone Kane, filme de Margarida Cardoso, estreia em Portugal

Estreia a 25 de Fevereiro em Lisboa, Portugal o mais recente filme de Margarida Cardoso. Para ver no Cinema Ideal.

image

O filme maioritáriamente rodado em Moçambique (províncias de Maputo e Gaza), com actores moçambicanos, portugueses e brasileiros foi produzido pela Filmes do Tejo (Portugal). Em Moçambique o filme teve a Direcção de Produção de João Ribeiro (Kanema Produções).

MAFW – Semana de Cinema Africano

image

Confira o report da 2ª Edição da Semana de Cinema Africano que se realizou em 2014 no ano em que a Ilha de Moçambique recebeu uma réplica deste evento.

Os números, os filmes, os realizadores convidados, os parceiros e algumas fotos, tudo nesta newsletter daquele evento. Este ano a 3ª Edição chega como sempre em Abril e vai também estar em Inhambane e Ilha de Moçambique para além da cidade de Maputo.

image

 

image

 

image

 

image

 

image

 

image

 

3ª EDIÇÃO DA SEMANA DE CINEMA AFRICANO – MOÇAMBIQUE 2015

BANNER FB negro 1

Ver Site

Na sequência das anteriores edições da Semana de Cinema Africano de Maputo (2013 e 2014) e do sucesso por elas alcançado, sucesso que é evidente dada a grande afluência de público ás salas, a exposição mediática de que o evento beneficiou e do feedback que nos é transmitido pela audiência e público em geral, a Kanema Produções, a TIM – Televisão Independente de Moçambique, a Mahla Films, a ZOOM, a Iodine, o Laboratório de Ideias a Madame Comunicação e a Promarte (entidades Moçambicanas) e o Departmento de Estudos Literários da Universidade de Bayreuth, na Alemanha, instituição parceira da UEM (Universidade Eduardo Mondlane) associados ao ICMA (Instituto Cultural Moçambique Alemanha) e ao ISARC (Instituto Superior de Artes e Cultura) propõe-se a realizar a 3a Edição da Semana de Cinema Africano agora alargada ás cidades de Inhambane e Ilha de Moçambique.

IMG_8688

A 3a SEMANA DE CINEMA AFRICANO – MOÇAMBIQUE 2015 – MAFW, vai materializar-se na exibição de 13 filmes, em 7 dias de exibição em três cidades do país. A Semana acontecerá em Maputo de 9 a 15 de Abril, de 1 a 8 de Maio na Ilha de Moçambique e de 14 a 21 de Maio em Inhambane 2015.

IMG_8689

Vamos, como habitual, ter 2 programas de exibição de filmes africanos (exclusivamente longas metragens de ficção) e um programa pedagógico e de discussão/análise junto da Universidade Eduardo Mondlane (ECA e FLCS) e do ISARC onde participarão Cineastas nacionais e estrangeiros (na cidade de Maputo). Os programas de exibição serão compostos por estreias no Programa Principal e pelo Programa de Clássicos Africanos.

O Último Voo do Flamingo chega ás bancas em DVD

Para ver um vídeo a propósito do lançamento do DVD do filme “O Último Vôo do Flamingo, clique no lind abaixo:

http://tim.sapo.mz/videos/tim//vjVz5sDsf77t9ZaGtHol

Confira também a reacção de alguns dos artistas que fizeram parte do elenco deste filme.

http://l.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Ftim.sapo.mz%2Fvideos%2Ftim%2F%2FJGM5IbA8D6tmAKvY7pvp&h=aAQFNgvCkAQHX82JirpDisxvg_msBp3HM7RFEpArgJjWGgw&enc=AZPGBiys-N0qqSE1NbK_OF1S3KixU5-yzcp-kvUYk-Pn7R0tIuke5Yafg3biJ3tZUz1Gp5Qo44VfywfZ7DJmuzyshwVOVa6XLE8zLCoIM2iG7UUkLuVJXxr4Kp7CmZntGqVXGzW6I29FXDwnNty7P0IS7Wt4gzuPP1r80lKjtsW0Gg&s=1

O Último Vôo do Flamingo em DVD

 

Foto de rodagem do filme
Foto de rodagem do filme

O ÚLTIMO VÔO DO FLAMINGO é a primeira longa-metragem de ficção realizada por JOÃO RIBEIRO (Moçambique) numa adaptação do livro homónimo de Mia Couto. O Filme foi lançado em 2010 tendo tido a sua estreia internacional no Festival de Cinema de Cannes, integrado na mostra Cinemas do Mundo, nesse mesmo ano. Desde então o filme tem rodado pelos mais prestigiados de cinema do mundo bem como por várias mostras, alimentado debates e servido de base para teses em Academias e Universidades nacionais e estrangeiras. Teve estreias comerciais em Moçambique, Portugal, Espanha, França, Brasil e Itália e foi editado em DVD no Brasil onde se encontra disponível para o público em geral através da Livraria Cultura, uma das mais prestigiadas Editoras daquele país.

O filme foi MELHOR LONGA METRAGEM ESTRANGEIRA no FIC Luanda, Angola, 2010, PRÉMIO DO JÚRI – CVIFF, Cabo Verde, 2012, teve MENÇÃO HONROSA DO JÚRI NO DOURO FILM HARVEST – Portugal, 2010 e foi INDICADO EM 6 CATEGORIAS NO FESPACO INCLUINDO MELHOR FILME, Burkina Faso, 2011. Foi também INDICADO EM 9 CATEGORIAS AOS PRÉMIOS GOYA – Espanha, 2012 e INDICADO EM 14 CATEGORIAS AO PRÉMIO DO CINEMA BRASILEIRO 2012 PELA ACADEMIA DE CINEMA – Brasil.

Apesar de ter sido exibido muitas vezes em Moçambique (exibições em salas e na TV), O Último Voo do Flamingo nunca havia sido editado em DVD neste território, pelo que o Realizador e também Produtor JOÃO RIBEIRO traz agora a público uma edição de autor. Este DVD, para além deste filme que é o seu trabalho principal como cineasta, tem ainda uma série de extras que contemplam outras obras do realizador. É assim que FOGATA (sua primeira curta metragem), O OLHAR DAS ESTRELAS e TATANA estão também neste DVD constituindo-se, assim, uma obra única de compilação dos trabalhos de ficção deste realizador.

É ainda de salientar que todos estes filmes são obras adaptadas a partir de contos do mesmo autor, o escritor moçambicano MIA COUTO. Estamos perante um conjunto de trabalhos que foram produzidos de 1992 a 2010 e que chegam agora, neste formato, pela primeira vez ao público moçambicano.

Esta edição do DVD foi possível graças à participação da Cooperação Suíça em Moçambique e do Centro Cultural Português em Maputo que mais uma vez se juntam à promoção da arte e do cinema moçambicano em particular.

O Último Vôo do Flamingo - Capa do DVD
O Último Vôo do Flamingo – Capa do DVD

The Brats

Longa de Animação moçambicana de Nildo Essá abre campanha no indiegogo.com

The Brats” é o primeiro projecto de longa metragem de animação moçambicano que vem a público e também um dos poucos a usar neste país o crowdfunding. É um projecto que vem na continuidade da curta com o mesmo nome “Os Pestinhas e o Ladrão de Brinquedos” recentemente exibido e premiado em festivais internacionais.

Nildo Essa abre assim uma nova fase do cinema moçambicano onde a experimentação, as novas tecnologias, o público alvo e até a possível fonte de financiamento passam a ter outra importância e outra relação com o autor.

Como diria Malangatana, o Nildo está-nos a provocar. Ele está a desafiar o status quo de um cinema até hoje feito para alguns por ainda muito poucos. Faço votos para que este projecto se realize e se imponha num mercado lá fora já evoluído e muito exigente, para que se prove que cá dentro se fazem coisas muito boas.

Para apoiar ese projecto através da plataforma clique: Indiego.

 

Open Doors – Festival de Cinema de Locarno

Realizou-se de 6 a 16 de Agosto o Festival de Cinema de Locarno, um dos mais importantes do mundo. No programa OPEN DOORS foram apresentados 12 projectos em desenvolvimento que se candidatar dessa forma a um apoio a ser concedido em jeito de premiação.

Foram 4 os projectos de expressão portuguesa sendo que 3 deles eram de Moçambique. Licínio Azevedo com o filme “Comboio de Sal e Açúcar”  (longa de Ficção), Sol Carvalho com “Coração e Lume” (longa de Ficção) e Inadelsso Cossa com “Kula“, Uma Memória em 3 Actos” (Documentário)  foram os candidatos Moçambicanos e Zezé Gamboa com “Aleluia” (longa de Ficção) veio de Angola.

Os projectos premiados foram “Comboio de Sal e Açúcar” (Licínio Azevedo, Moçambique), “I’m Not a Witch” (Rungano Nyoni, Zambia) e “Faraway Friends” (Theboho Edkins, Lesoto).

Sessão de Abertura do Festival de Cinema de Locarno
Sessão de Abertura do Festival de Cinema de Locarno
Licínio Azevedo, Realizador, no palco do Festival de Cinema de Locarno
Licínio Azevedo, Realizador, no palco do Festival de Cinema de Locarno
Participantes ao programa Open Doors no Red Carpet do Festival de Cinema de Locarno
Participantes ao programa Open Doors no Red Carpet do Festival de Cinema de Locarno
Sol Carvalho (Moçambique), Zézé Gamboa (Angola) e Pedro Bento (Portugal) no intervalo de uma sessão.
Sol Carvalho (Moçambique), Zézé Gamboa (Angola) e Pedro Bento (Portugal) no intervalo de uma sessão.
João Ribeiro e Sol Carvalho (Moçambique, longa "Coração e Lume") em sessões de pitching no Open Doors Club.
João Ribeiro e Sol Carvalho (Moçambique, longa “Coração e Lume”) em sessões de pitching no Open Doors Club.

 

 

O Último Vôo do Flamingo

DVD disponível em Moçambique

10527491_805635802802453_376106452626235144_n

 

 

 

 

 

 

Será lançado brevemente em Maputo uma edição de autor do filme “O Último Vôo do Flamingo”, filme realizador por João Ribeiro numa adaptação do livro homónimo de Mia Couto.

Este DVD terá ainda como extras a trilogia de curtas “Fogata”,  “O Olhar das Estrelas” e “Tatana”.  Esta edição chega ao público com o apoio da Cooperação Suíça em Moçambique e será lançado no Instituto Camões em Maputo já em Setembro do corrente ano.

Confira o site do filme.